Asset 3tt branco

Filipinas!

Das montanhas ao mar esmeralda
1ª data - 25 de Abril a 11 de Maio (esgotado)

Das ruas frenéticas de Manila à tranquilidade dos arrozais de Banaue e ao ritmo contemplativo das ilhas Palawan, esta viagem atravessa paisagens completamente distintas – mas que são, todas sem excepção, uma celebração constante da vida.

Embarque connosco nesta aventura de 17 dias pelas Filipinas e descubra um país feito de sorrisos, cores vibrantes e sabores surpreendentes. Do verde eléctrico das montanhas em Luzon ao azul impossível das lagoas de Coron, dos banquetes na praia ao som do karaoke em cada esquina e ao autêntico carnaval que são os jeepneys – esse meio de transporte que representa a criatividade e o espírito resiliente deste povo -, as Filipinas são uma surpresa. Não é por acaso que esta viagem tem um ponto de exclamação no título.

Começamos esta aventura por Manila, a capital do país, onde passeamos pelo centro histórico, testemunhando o legado colonial que sobreviveu a terramotos e aos bombardeamentos da II Guerra Mundial; e aprendendo um pouco sobre a identidade tal especial deste país e do seu povo.

Da cidade passamos às montanhas, serpenteando entre arrozais, aldeias e vales de um verde difícil de explicar. Começamos por Baguio e passamos por Sagada e Bontoc, o trio ideal para descobrir as nuances e conhecer algumas tradições e histórias das etnias locais. Contudo, o ponto alto desta fase da viagem será o trekking de dois dias ao longo dos terraços de arrozais esculpidos nas montanhas, entre Banaue e Batad, numa paisagem considerada, por muitos, como a “Oitava Maravilha do Mundo”.

Depois ziguezagueamos em direcção à costa, onde vamos surpreender-nos com um dos segredos menos bem guardados desta ilha de Luzon. A cidade colonial de Vigan foi a única a não sofrer as consequências devastadoras da guerra, preservando até aos dias de hoje uma identidade muito própria, que tem influências espanholas e chinesas, por exemplo. Provar os pitéus locais e passear pela sua calçada, entre carroças puxadas por cavalos e uma arquitectura que nos transporta para a América Latina, é uma autêntica viagem no tempo.

Finda esta primeira fase da nossa aventura, voamos para Palawan, onde conheceremos Port Barton e El Nido, duas terras muito distintas, na sua forma de ser, mas que têm em comum um horizonte recheado de ilhas paradisíacas, praias, corais e um inesquecível pôr-do-sol.

A viagem termina com uma expedição de barco de 3 dias entre El Nido e Coron, parando em ilhas desertas e praias de areia branquíssima e mar transparente. Aqui não há rede – a não ser aquela em que nos deitamos ao fim da tarde, para contemplar o lusco-fusco. Faremos snorkelling várias vezes ao dia, até conhecermos de cor todo o casting do “Finding Nemo”. Mergulhamos com tartarugas. Dormimos em cabanas no meio do nada. Comemos que nem reis e bebemos como piratas.

Por falar em comida: uma viagem com o Jorge Vassallo não seria uma viagem com o Jorge Vassallo se não fosse, também, uma aventura gastronómica. Vamos contrariar, ao longo destes 17 dias, aquela ideia-feita de que as Filipinas não são “nada de outro mundo”, nesse campo. Pode não ter a variedade do Vietname e a intensidade da Tailândia, mas acredita que te vais surpreender com os sabores e as texturas da gastronomia filipina. Cada destino desta viagem tem as suas especialidades, e nós vamos experimentar de tudo um pouco.

Voltando ao itinerário: acabamos esta emocionante aventura com uma breve estadia em Coron, que é a cereja no topo do bolo que é esta viagem. Aqui faremos mais um passeio de barco… é só um dia, mas que dia! Vamos explorar lagoas escondidas no meio de altíssimas escarpas, conhecer uma nascente de água quente, mergulhar em autênticos paraísos subaquáticos. Vai ser mais uma mão cheia de uaus, para terminar em grande esta colorida, saborosa e intensa celebração de vida que são as Filipinas.

Até porque, como diz (e bem) o slogan oficial do turismo do país: “it’s more fun in the Philipines”!

Aproximação CULTURAL
Nesta jornada pelas Filipinas, experimentamos uma imersão cultural profunda, desde as ruas históricas de Intramuros até às aldeias tradicionais em Sagada. Os terraços de arrozais em Banaue revelam não apenas a grandiosidade da natureza, mas a habilidade humana de coexistir harmoniosamente. Vigan transporta-nos para uma época colonial com nuances latino-americanas, enquanto atravessamos Luzon, absorvendo diversidade geográfica e cultural. Palawan, Port Barton, e El Nido oferecem autenticidade filipina em praias paradisíacas. A expedição de barco, com noites em cabanas nas ilhas, revela o espírito acolhedor dos filipinos. Em cada lugar, partilhamos refeições e conversas, construindo pontes culturais e compreendendo a beleza das Filipinas na diversidade de suas tradições e na calorosa hospitalidade. Ao partir, levamos não apenas memórias visuais, mas um enriquecimento profundo pela vivência cultural neste país extraordinário.
Exigência FÍSICA
A expedição pelas Filipinas é uma aventura que exige algum esforço físico, sobretudo no trekking em Banaue. A resistência à estrada é testada, mas cada desafio oferece recompensas únicas, incluindo vistas espetaculares e encontros culturais autênticos. As atividades aquáticas nas ilhas de Palawan e a expedição de barco acrescentam camadas ao desafio físico.
CONFORTO
A viagem pelas Filipinas destaca-se pelo contato próximo com a realidade local, proporcionando uma experiência autêntica e culturalmente enriquecedora. O nível de conforto é moderado, adaptando-se à simplicidade de algumas acomodações e ao esforço físico exigido nas atividades, criando uma jornada genuína e imersiva.
INTERESSADO NESTA VIAGEM?

Pedido de Reserva

PRETENDE SER INFORMADO ACERCA DE NOVAS DATAS?

Manifestação de Interesse

Descrição

ROTA DA VIAGEM

O Jorge espera-te no aeroporto, em Manila – de preferência, a tempo de jantarmos todos juntos num dos restaurantes mais emblemáticos da capital das Filipinas.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Começamos a nossa descoberta deste país com um passeio pelas igrejas e casas coloniais de Intramuros – o centro histórico de Manila, que tanto sofreu na II Guerra Mundial. 

Vamos conhecer parte da História do país e da cidade, e perceber um pouco da identidade nacional numa visita ao Forte de Santiago.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Arrancamos de autocarro para norte, atravessando parte de Luzon, a ilha principal deste arquipélago de mais de 7000 ilhas. 

São quatro a cinco horas de estrada até Baguio, o nosso destino de hoje. 

Chegamos mesmo a tempo de conhecer o centro desta cidade de montanha.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

De manhã, passeamos mais um pouco pelo centro de Baguio, que está fechado ao trânsito todos os domingos e por isso serve de montra para muitos artistas locais. 

 

Depois continuamos a nossa viagem por Luzon, ainda mais para norte, por estradas que serpenteiam por entre montanhas. 

Chegamos a Sagada ao fim da tarde.

Alimentação: –
Dormida: Guesthouse

Começamos o dia com uma caminhada pela vila, conhecemos uma igreja construída por missionários americanos e passamos pelo cemitério, a caminho do famoso Vale do Eco, onde encontraremos caixões pendurados em altas escarpas. 

Aqui, um guia local explicar-nos-á um pouco das tradições locais. 

Depois seguimos viagem de jeepney, um meio de transporte icónico das Filipinas que são algo parecidos com mini-autocarros. 

Almoçamos em Bontoc, onde aproveitamos para conhecer o Museu da Cultura Ifugao, criado e mantido por freiras. 

À tarde continuamos a nossa viagem, ziguezaguando entre montanhas, aldeias e arrozais, até chegarmos a Banaue, onde pernoitamos.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Os locais chamam-lhe a “Oitava Maravilha do Mundo” e quem somos nós para os contrariar.

Criados há mais de 2000 anos pelos Ifugao, os terraços de arrozais em Banaue são hoje designados como Tesouro Cultural Nacional.

Hoje arrancamos bem cedo pela manhã para uma caminhada de dois dias por entre vales, montanhas e desfiladeiros, descobrindo uma paisagem única que é dominada por este incrível projeto de engenharia. 

No primeiro dia de trekking fazemos cerca de 17km. Vale cada instante.

Alimentação: –
Dormida: Abrigo de montanha

Como é que se diz “uau” em filipino? 

A caminhada de hoje é mais curta do que ontem – mas é um espanto a cada curva, e não deixa de ser um desafio. São 6km, neste segundo dia de trekking, que terminam com a “jóia da coroa” desta zona: o enorme anfiteatro de arrozais em Batad. 

Almoçamos aqui e à tarde regressamos para Banaue, de jeepney.

Alimentação: –

Dormida: Guesthouse

Espera-nos um dia de estrada, ao sétimo dia de viagem… e que estrada! 

A paisagem é espectacular: continuamos no mesmo registo de montanhas, arrozais, aldeias e vales; mas a certa altura começamos a descer e só paramos junto ao mar. 

Se chegarmos a tempo à praia, damos um primeiro mergulho e depois subimos um pouco da costa ocidental da ilha de Luzon, até Vigan, uma cidade que é testemunha e herança do passado colonial das Filipinas. 

Chegamos ao final da tarde e jantamos que nem lordes.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Não estranhes se, a certa altura, eu tiver de lembrar o grupo que estamos na Ásia. É que muitas vezes dá a sensação de que estamos a viajar na América Latina, aqui em Vigan. A culpa é das ruas empedradas ladeadas por mansões coloniais. Lembra o México ou a Colômbia. 

Hoje vamos viajar um pouco no tempo, portanto, revisitando o passado colonial das Filipinas. Vamos visitar mansões que são hoje museus, provar alguns petiscos tradicionais, conhecer o artesanato local, fazer umas compras – e assim perceber porque a UNESCO presenteou a cidade com o estatuto de Património da Humanidade. 

Ao fim da tarde seguimos viagem, de minivan, para Laoag. A viagem é curta, cerca de uma hora e meia – e, conforme a hora do voo, poderemos jantar na cidade. Depois voamos para Manila, onde dormimos num hotel perto do aeroporto, porque amanhã de manhã seguimos viagem para outra ilha.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Hoje madrugamos, pois voamos cedo para Puerto Princesa, a principal cidade da ilha de Palawan. 

 

Do aeroporto seguimos direto para Port Barton, de minivan. São cerca de 3 horas de estrada, por isso, chegamos a tempo de um primeiro banho na praia… e um segundo… e quem sabe mais um, antes de assistirmos ao maravilhoso pôr-do-sol com um cocktail na mão e um sorriso enorme no rosto.

Jantamos na praia.

Alimentação: –
Dormida: Guesthouse

Diz o slogan que “it’s more fun in the Phillipines” e hoje vamos provar isso mesmo, com um passeio de barco por ilhas desertas e praias paradisíacas. 

Vamos ter a oportunidade de ver estrelas do mar, fazer snorkelling, descobrir Nemos e outros peixes… e quem sabe até ver tartarugas! 

O fim da tarde é um pouco repetitivo. outra vez o pôr-do-sol e coktails.

Alimentação: almoço

Dormida: Guesthouse

Arrancamos logo de manhã para El Nido, numa minivan. 

Chegamos ao nosso destino a tempo de almoçar em frente à praia… e o resto da tarde é livre, quem quiser pode ir às compras, ou pode fazer uma massagem, ou dar um mergulho, ou faz isto tudo, ou nada disto. 

Como a cidade é bastante turística, podemos até sair à noite e dar dois passinhos de dança e celebrar a vida.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Hoje o dia começa com uma bela camada de protetor solar, pois partimos para uma expedição de barco que termina na ilha de El Coron. 

São três dias em “modo pirata”: comemos no barco, paramos em ilhas desertas, fazemos snorkeling e dormimos em cabanas no meio do nada. 

Não há rede a não ser daquelas para nos deitarmos; e não há notícias, nem instagram, nem outras distrações a não ser a paisagem, que é de cortar a respiração. 

Chegados a El Coron, instalamo-nos no hotel e fazemos o balanço da viagem ao jantar.

Alimentação: 2 pequenos-almoços, 3 almoços e 2 jantares
Dormida: Cabanas, tendas e hotel

Neste dia embarcamos em mais um passeio de barco. 

Mas não é um passeio qualquer! 

Hoje visitamos lagoas de água doce escondidas, entre enormes escarpas, nadamos em lugares impossíveis – e se nos últimos dias foram muitos os “uau” que disseste, então prepara-te para esgotar os adjectivos, hoje. 

Coron é um dos lugares mais bonitos do mundo!

Alimentação: almoço
Dormida: Hotel

Estes últimos 16 dias passaram a correr – mas não faltam boas recordações para levar para casa. 

A viagem acaba e regressarmos para Manila, pois à noite voamos para casa. 

Alimentação: –
Dormida: –

Preço2280€/pessoa
Total 16 noites13 noites em hotéis/guesthouses; 3 noites em abrigos/cabanas
AtividadesDescoberta cultural e de natureza, aventura, snorkeling, trekking
TransportesAutocarros, avião, minivans, jeepneys, táxis, tuktuks/triciclos e barco
ReservasGrupo 4 a 8 pessoas
INCLUI
EXCLUI
LÍDER DE VIAGEM

Jorge Vassallo

INTERESSADO NESTA VIAGEM?

Pedido de Reserva

PRETENDE SER INFORMADO ACERCA DE NOVAS DATAS?

Manifestação de Interesse

  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-6-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-1-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-31-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-4-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-32-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-15-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-65-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-52-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-14-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-29-2.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-12-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-8-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-15-2.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-17-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-50-1.jpg
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2023/12/Filipinas_Vassallo_TT-2-1.jpg

Formulário de Inscrição

Remover
Dados Pessoais
Os Meus Documentos
Telefones Alternativos e de Emergência
Dados para faturação

Manifestação de Interesse

Subscrição de Newsletter