Asset 3tt branco

Turquia

De Istambul à Mesopotâmia
1ª data - 31 de Agosto a 15 de Setembro

Se achas que conheces a Turquia… pensa novamente. Com uma herança cultural difícil de igualar, um património histórico impressionante, paisagens únicas e pitéus de deixar água na boca, este país oferece uma diversidade surpreendente de experiências e memórias. Este território foi lar de romanos, bizantinos, otomanos e todo um colorido mosaico de civilizações – e é, ainda hoje, um país onde convivem tradições ancestrais com influências modernas. 

Ao longo de dezasseis dias, atravessaremos a Turquia de uma ponta à outra, numa viagem que tem todos os ingredientes para ser épica. Começamos em Istambul, essa cidade obrigatória, multifacetada e vibrante, encostada às margens do Bósforo, onde a Europa encontra a Ásia. Aqui vamos deslumbrar-nos com imponentes mesquitas e palácios das mil e uma noites, deambular por bazares e mercados, experimentar novos sabores, aromas e sons.

Atravessamos o Bósforo e seguimos para sul, onde vamos conhecer Bursa, a primeira capital do Império Otomano; e Selçuk, onde visitaremos as impressionantes ruínas romanas de Éfeso, uma das cidades clássicas mais bem preservadas da região do Mediterrâneo. Passear pelas suas ruas de mármore é uma autêntica viagem no tempo.  Não muito longe daqui fica o pouco que sobra do Templo de Artemis, uma das antigas Sete Maravilhas. Foi também nesta zona que pregou o apóstolo Paulo; e num bosque bem perto se crê ter sido a última morada da Virgem Maria.

É verdade que esta é uma viagem com uma forte componente arqueológica e histórica – mas nem só de monumentos se vive a Turquia. E os dias que se seguem a este primeiro mergulho no património histórico são mais virados para outro tipo de espectáculo: a beleza natural das paisagens do país. Vamos deslumbrar-nos com o branco imaculado  dos terraços de calcário de Pamukkale, uma maravilha natural criada a partir dos depósitos minerais deixados pelas fontes termais de outra cidade romana: Hierápolis. Depois seguimos pela Turquia adentro até à surreal Capadócia, que dispensa apresentações. Vamos fazer um trekking por vales de rocha vulcânica esculpida pelos elementos. Descemos a cidades subterrâneas, surpreendemo-nos com formações rochosas que parecem de outro planeta… e quem quiser até pode fazer um passeio de balão de ar quente!

A viagem ainda vai a meio e já vivemos tantas experiências… mas ainda há muito por onde nos deslumbrar-nos, por isso continuamos a seguir para leste até chegarmos à antiga Mesopotâmia, essa terra que é a origem de quase tudo o que fomos e somos. Começamos com um nascer-do-sol inesquecível, no topo de uma montanha que não é bem um topo de uma montanha, mas um mausoléu com dois mil anos onde sobrevivem, a custo, colossais estátuas de pedra que representam deuses e reis do antigo reino de Commagene; e depois segue-se um trio de deslumbrantes pérolas culturais. Começamos por Sanliurfa, onde conhecemos a caverna onde nasceu o profeta Abraão, relaxamos junto a um lago com peixes sagrados e exploramos as ruínas do mais antigo templo do mundo, Gobekli Tepe, que os historiadores dizem ter doze mil anos (mais seis mil que Stonehenge!). Depois seguimos para Mardin, um dos lugares ocupados há mais tempo pelo Homem e que exibe orgulhosamente uma arquitectura medieval muito bem preservada. Das suas ruas e terraços temos vista privilegiada para as planícies da Mesopotâmia. Terminamos este trio em Diyarbakir, a cidade mais importante do Curdistão turco, que além de boa comida e um povo muito hospitaleiro, tem muralhas imponentes, mesquitas antiquíssimas e até um caravanserai onde nos vamos sentar a beber um chá.

A viagem entra na sua recta final e começamos a dirigir-nos para norte: em Erzurum espreitamos as mesquitas de arquitectura Seljuk; e em Kars, onde a viagem termina, vamos conhecer as espectaculares ruínas de Ani, uma próspera cidade medieval na Rota da Seda que chegou a ser capital da Arménia – e que, há mil anos, rivalizou em tamanho, influência e prosperidade com Constantinopla. Contudo, e ao contrário desta última, que conseguiu sobreviver e adaptar-se aos desafios do Tempo, a “cidade das 1001 igrejas” sofreu terrivelmente com terramotos, pragas, guerras e o desleixo daqueles que por aqui passaram. Hoje é Património da Humanidade, diz a UNESCO – e o título é mais do que merecido. Contudo, são poucos aqueles que chegam tão longe, e se por um lado dá pena ver este tesouro quase ao abandono, por outro é uma sensação única, a de passear por entre as suas ruínas.

Acabamos esta viagem com a sensação de que os dezasseis dias passaram a correr – e, ao mesmo tempo, espantados pela quantidade (e qualidade) de lugares por onde passámos, pelo deslumbre das paisagens que nos ficaram na memória e pela diversidade de experiências vividas, sempre bem acompanhadas por uma gastronomia deliciosa, um povo hospitaleiro e um líder de viagens verdadeiramente apaixonado por este cantinho do mundo.

E se te dissermos que, mesmo assim, ainda há muito para conhecer na Turquia? Marcamos já o regresso?

Aproximação CULTURAL
A viagem de dezasseis dias pela Turquia transforma qualquer noção pré-concebida sobre o país, revelando uma riqueza cultural e histórica inigualável. Desde Istambul, onde culturas se encontram e tradições se fundem, até às impressionantes paisagens da Capadócia e as ruínas históricas de Éfeso e Ani, os viajantes experienciam a diversidade que define a Turquia. A jornada não é apenas uma exploração de monumentos e paisagens, mas uma imersão em séculos de história, desde os romanos até os otomanos, enriquecida pela calorosa hospitalidade local e uma deliciosa gastronomia. Ao fim, fica a promessa de que a Turquia guarda ainda mais segredos a serem descobertos, incentivando um retorno.
Exigência FÍSICA
É uma viagem com bastante intensidade, ao final do dia teremos caminhado em ritmo de visita aos vários locais alguns kms por dia, contudo o esforço envolvido não é demasiado sendo adequado a qualquer pessoa minimamente activa.
CONFORTO
A estadia desta viagem é realizada maioritariamente em hóteis em quartos partilhados, que possuem todas as comodidades mínimas de conforto. Passaremos uma noite de viagem em nightbus.
INTERESSADO NESTA VIAGEM?

Pedido de Reserva

PRETENDE SER INFORMADO ACERCA DE NOVAS DATAS?

Manifestação de Interesse

Descrição

ROTA DA VIAGEM

O Jorge espera-te no aeroporto, de preferência a tempo de jantarmos todos juntos no centro de Istambul.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Primeiro foi Bizâncio, depois Constantinopla. Agora chama-se Istambul, é uma das cidades mais fascinantes do mundo e serve de ponto de partida para a nossa épica odisseia turca – não podíamos começar melhor. Passamos dois intensos dias a navegar por ruas cheias de gente e estímulos para todos os sentidos. Visitamos monumentos icónicos como a Hagia Sophia, a Mesquita Azul ou o Palácio Topkapi; perdemo-nos na azáfama das ruelas do Grand Bazaar; deliciamo-nos com todo o tipo de petiscos e iguarias; e até vamos conhecer um bairro tradicional que é um segredo já pouco guardado, mas ainda muito genuíno. Haverá ainda tempo para um passeio no Bósforo e, quem quiser, pode assistir ao espectáculo dos dervishes.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Apetecia-te ficar mais tempo em Istambul? É tentador, mas temos todo um país à espera para nos surpreender. Seja como for, esta cidade é daqueles lugares onde se volta pelo menos mais uma vez, na vida – ou duas. Ou mais. Assim sendo, apanhamos um ferry e atravessamos o Estreito do Bósforo para Bursa, a primeira capital do Império Otomano. Aqui vamos experimentar iskender kebap, o prato tradicional da cidade – e vamos perder-nos pelas ruelas do seu bazar, visitar algumas mesquitas e até assistir a um “ensaio” de dervishes numa escola local.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

De manhã, vamos conhecer Cumalıkızık, uma aldeia nos arredores de Bursa que ainda preserva a arquitetura otomana. Depois apanhamos um autocarro e passamos o resto da tarde na estrada – o nosso destino é uma pequena cidade chamada Selçuk, a sul de Izmir.

Alimentação: –
Dormida: Guesthouse

Selçuk serve de ponto de partida para a nossa visita a Éfeso, um antigo porto marítimo e uma das cidades mais influentes do Império Romano. As suas ruínas, em excelente estado de conservação, são hoje Património da Humanidade e uma das atrações turísticas mais procuradas desta parte da Turquia. Sendo assim, hoje começamos cedo, para evitar multidões. Vamos maravilhar-nos com a fachada da antiga Biblioteca de Celso (a segunda mais importante da Antiguidade, depois de Alexandria), dois anfiteatros – um deles com capacidade para 25 mil pessoas – e uma série de vestígios arqueológicos como banhos públicos, um bordel, casas particulares com mosaicos lindíssimos, o mercado, o porto, um cemitério, fontes, etc.

Visitamos também Meryemana, onde se acredita que morreu a Virgem Maria. É um lugar com uma energia única, no meio da floresta. E, para terminar, temos ainda o Templo de Artemis, ou o pouco que resta do templo de Artemis. Nada de muito impressionante… mas este lugar foi uma das Sete Maravilhas da Antiguidade.

Ao fim do dia seguimos viagem para Pamukkale, onde pernoitamos.

Alimentação: pequeno-almoço
Dormida: Guesthouse

O branco imaculado da encosta e dos terraços de Pamukkale é uma das paisagens mais icónicas da Turquia. Hoje vamos visitar esta deslumbrante maravilha natural, cujo nome significa “castelo de algodão” e conhecer um pouco de Hierápolis, a cidade termal romana que fica mesmo ao lado. Quem quiser pode dar um mergulho nas conhecidas “termas de Cleópatra”, que apesar do nome sugestivo, nunca tiveram a honra de serem visitadas pela senhora. Seja como for, diz que estas águas têm propriedades curativas. Não custa experimentar.

Ao fim da tarde seguimos para Denizli, uma cidade ali perto, onde apanhamos um autocarro nocturno para a Capadócia, já no centro do país.

Alimentação: –
Dormida: Nightbus

Chegamos cedo a Göreme, uma vila pitoresca onde algumas casas são escavadas nas rochas. Depois de um duche e pequeno-almoço, vamos dar uma volta de minivan por alguns dos pontos mais interessantes da Capadócia, conhecida por ter uma paisagem que parece de outro mundo, rica em formações rochosas surreais, cavernas e vales bucólicos. Um dos pontos altos do dia será a visita a uma cidade subterrânea, com nove andares em profundidade, construída pelos primeiros cristãos como esconderijo dos exércitos invasores. Tem hospital, escola, igreja e muito mais.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Quem quiser, pode madrugar e fazer o voo de balão ao nascer do sol. O custo é à parte, mas o Jorge ajuda a organizar o passeio. Seja como for, depois do pequeno-almoço arrancamos para um dia de caminhada. Começamos por visitar o Museu ao Ar Livre de Göreme, onde há igrejas esculpidas dentro das rochas, com frescos pintados nas paredes; e a seguir fazemos um trekking por vales e ravinas, atravessando paisagens verdadeiramente sobrenaturais.

Alimentação: pequeno-almoço
Dormida: Hotel

Hoje vamos atravessar mais uma boa parte da Turquia numa minivan, em direcção a leste. Passamos o dia na estrada, fazendo algumas paragens para apreciar a paisagem, esticar as pernas ou até petiscar qualquer coisa. Chegamos, já à noite, à estalagem de montanha onde jantamos e pernoitamos.

Alimentação: pequeno-almoço e jantar
Dormida: Guesthouse

Acordamos de madrugada, ainda noite cerrada, e subimos até ao cume da montanha, onde vamos assistir ao nascer-do-sol. Que lugar, este! O cume de Nemrut Dagi é, na verdade, um mausoléu com cerca de dois mil anos, onde sobrevivem, em condições adversas, dezenas de colossais estátuas de pedra que representam deuses e reis do antigo reino de Commagene.

Depois exploramos mais algumas ruínas, montanha abaixo, e se o tempo o permitir, quando chegarmos à ponte romana de Cendere, entraremos pelo desfiladeiro ali ao lado e tomamos banho no pequeno rio que é um tributário do Eufrates. Exato: estamos na conhecida, nos livros de História, por Mesopotâmia.

Acabamos o dia em Urfa, uma cidades das mais antigas do Mundo.

Alimentação: pequeno-almoço
Dormida: Guesthouse

Dizem os historiadores que a agricultura nasceu aqui… e também o profeta Abraão. Hoje passamos o dia em Sanliurfa: vamos conhecer o Gumruk Bazaar, ver os peixes sagrados no Balikli Gol, espreitar a gruta de Abraão, visitar o Museu dos Mosaicos e experimentar uma série de petiscos deliciosos. E ainda teremos tempo para nos deslumbrar-nos com o mais antigo templo do Mundo: Göbekli Tepe tem 12 mil anos, é 60 séculos mais velho que Stonehenge e desafia uma série de ideias que tínhamos acerca da História da Humanidade.

Alimentação: –
Dormida: Guesthouse

Arrancamos logo de manhã em direção a Mardin, uma pitoresca cidade construída sabe-se lá quando numa colina com vista sobre as planícies da Mesopotâmia. Dizem que é das mais antigas do Mundo – e, como não poderia deixar de ser, é também Património da Humanidade. Chegamos a tempo de almoçar e passear pelas suas ruelas e becos, apreciando a arquitetura das suas mesquitas, igrejas e casas.

Ao fim da tarde seguimos viagem para Diyarbakir, a pouco mais de uma hora de distância.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

Aproveitamos a manhã para conhecer Diyarbakir, a principal cidade do Curdistão. As suas mesquitas são das mais antigas do país, a muralha do séc. IV é monumental e de visita obrigatória, e há até um caravancerai que é um regalo para a vista, e onde vamos parar para um chá – no entanto, o maior atractivo da cidade são mesmo as pessoas. Os curdos são de uma hospitalidade exemplar e muito orgulhosos da sua cultura.

À tarde voltamos à estrada, onde passamos o resto do dia… são 6 horas de autocarro até ao nosso destino de hoje: Erzurum.

Alimentação: –
Dormida: Hotel

A viagem está quase a acabar, mas ainda temos uma última viagem. Felizmente que não demora muito tempo, o autocarro de hoje. No entanto, antes de nos lançarmos à estrada, ainda damos uma volta pelo centro de Erzurum, para conhecermos as suas mesquitas e monumentos de arquitetura Seljuk. Depois lá seguimos nós para Kars, o destino final desta viagem, já perto da fronteira com a Arménia. É uma cidade pouco apelativa, à primeira vista, mas com uma energia especial, meio soviética (ou não tivesse sido ocupada pelos russos, por um tempo) – e é o ponto de partida para o passeio que vamos fazer à tarde, a Ani.

Ani foi uma das mais importantes cidades da Rota da Seda. Capital medieval da Arménia, chegou inclusive a rivalizar, em dimensão e importância, com Constantinopla. No entanto, ao contrário desta, Ani foi deixada ao abandono e sofreu com os elementos naturais e com a maldade do Homem. Hoje, este bocadinho da Turquia com vista para a Arménia é composta de uma série de ruínas espetaculares… no meio do nada, no fim do mundo…

Alimentação: –
Dormida: Hotel

A viagem termina hoje. 

Dependendo da hora do voo, ainda poderás ter tempo de dar umas voltas, antes de voltares a casa com todas as memórias das últimas duas semanas. 

Alimentação: –
Dormida: –

Preço1940€/pessoa
Total 15 noites9 noites em hotéis; 5 noites em guesthouses; 1 noite em nightbus
AtividadesDescoberta cultural e de natureza
TransportesAutocarros, minivans
ReservasGrupo 6 a 10 pessoas
INCLUI
EXCLUI
LÍDER DE VIAGEM

Jorge Vassallo

INTERESSADO NESTA VIAGEM?

Pedido de Reserva

PRETENDE SER INFORMADO ACERCA DE NOVAS DATAS?

Manifestação de Interesse

  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-1.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-6.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-10.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-9.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-8.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-7.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-5.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-4.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-11.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-3.png
  • https://trilhosdaterra.com/wp-content/uploads/2024/02/Artboard-2.png

Formulário de Inscrição

Remover
Dados Pessoais
Os Meus Documentos
Telefones Alternativos e de Emergência
Dados para faturação

Manifestação de Interesse

Subscrição de Newsletter